Apresentação

Nota prévia:

Este sítio sofreu algumas modificações relativamente ao que se disponibilizou durante o ano letivo 2011/12, de modo a poder ser agora acedido livremente na Internet. Esperamos que, mesmo assim, possa ser útil. Poderá servir como ferramenta de autoestudo para o aluno que esteja suficientemente preparado para o fazer, mas eventualmente a sua maior utilidade poderá ser para o professor que queira organizar as suas aulas à volta das metas que deverão ir sendo atingidas à medida que se desenrola o semestre (pressupondo entre 5 a 6 horas semanais de aulas).

Para esse efeito, em cada meta (ver painel lateral) é apresentada

  • uma folha de exercícios, sendo alguns exercícios de carácter mais prático e outros de cariz mais teórico (nalguns casos pretendendo mesmo guiar o aluno através de demonstrações)
  • e uma lista de questões onde se pretende testar o nível de compreensão da matéria atingido pelo aluno.

Muitos dos exercícios práticos são reutilizações feitas a partir de compilações de exercícios realizadas ao longo dos anos pelas equipas que têm lecionado esta unidade curricular, nomeadamente as equipas coordenadas nos últimos anos pelo meu colega Luís Castro. Outros exercícios são inspirados na abordagem seguida no livro

  • R. P. Burn, Numbers and Functions: Steps to Analysis, Cambridge University Press, 2000.

Outros ainda são construídos de raiz, mas em nenhum caso se alega uma completa originalidade.

Ao longo do semestre foi possível apreciar que a deterioração a que chegou o nosso Ensino Secundário faz com que a abordagem aqui proposta possa não servir à maior parte dos alunos, mesmo que estejam a seguir um curso de Matemática. Se for esse o caso, ou no caso de alunos de cursos de outras Ciências ou de Engenharias, poderá ser mais útil começar por seguir um curso de Cálculo como o que exploramos em http://calculo.wikidot.com. Em qualquer dos casos, as várias demonstrações de proposições a que se pode aceder através da barra superior, e que de um modo geral não foram exploradas nas aulas, podem constituir referência útil na preparação das aulas pelo professor ou satisfazer a curiosidade do aluno mais inclinado matematicamente.


Acesso

A maior parte deste sítio encontra-se acessível a qualquer visitante. Uma exceção é a zona de fórum. Para ter acesso a esta o visitante precisa de ser um utilizador do wikidot e estar a navegar com esse estatuto. Isto também lhe permitirá aceder a vários controlos nas páginas fora do fórum, como ver o código-fonte, o histórico da página, descarregar eventuais ficheiros anexos à página ou aceder a um formato mais adequado para a impressão desta. Se precisar mesmo de escrever comentários nas páginas ou no fórum será necessário tornar-se membro deste sítio.


Comentários:

Add a New Comment


Segue-se essencialmente o texto antigo desta página de entrada



Correspondência entre turmas e professores

Prof. António Caetano


Organização da unidade curricular e deste sítio

Alguns detalhes sobre esta disciplina podem ser encontrados no PACO - Portal Académico Online da Universidade de Aveiro. Alguns deles podem também ser consultados na zona de recursos na barra superior deste sítio.

O programa desta unidade curricular encontra-se esquematizado na barra lateral, na forma de capítulos, dentro dos quais se indicam metas a atingir.

A avaliação formal será feita através de dois testes, o primeiro a realizar no dia 16 de Novembro de 2011 às 18:00, o segundo durante a época normal de exames. Ambos os testes terão o mesmo peso no cálculo da nota final, embora notas superiores a 16 valores possam necessitar de confirmação através de um teste complementar (ler mais sobre isto em baixo).

Para cada um dos testes serão definidas as metas a atingir previamente, sendo que estas metas vão sendo listadas, ao longo do semestre, no painel lateral (escolher capítulo para aceder). É da responsabilidade do aluno garantir que vai ultrapassando essas metas com a antecedência necessária a um bom desempenho nos testes. Cada meta é atingida com o domínio na resolução de exercícios listados numa folha, alguns dos quais serão trabalhados nas aulas, e com o domínio nas respostas às questões de compreensão da matéria lecionada, o qual poderá exigir a leitura dos textos aí aconselhados.

A maioria dos exercícios que aparecerão nos testes será do género dos exercícios presentes em cada meta. Outros poderão ser motivados por algumas das questões dirigidas à verificação da compreensão da matéria. Reservamo-nos ainda o direito de usar nos testes uma ou outra dessas questões ou outras com elas relacionadas e que possam ser corretamente respondidas por quem percebeu a matéria lecionada, realizou as leituras aconselhadas e refletiu sobre as mesmas.

No caso do teste complementar para confirmação de notas superiores a 16 valores, podem ainda ser usadas questões que impliquem a compreensão integral das demonstrações dos resultados listados na secção museu presente na barra superior, ou serem mesmo pedidas essas demonstrações. De resto, esses resultados ou demonstrações podem também ser invocados, embora a um nível de compreensão mais elementar, nas questões que integram cada uma das metas.

A secção museu, acima referida, funciona também como uma referência, sempre visível na barra superior deste sítio, para resultados que podem ser usados para responder a questões que irão aparecendo ao longo do tempo (sem prejuízo de haver outros resultados, explorados em cada uma das metas, que podem também ser usados para esse efeito), devendo no entanto ter-se o cuidado, na sua aplicação, de não se entrar nos chamados argumentos circulares (em que um resultado é usado para provar outro resultado mas, afinal, este outro tinha sido usado para provar o primeiro). Tais argumentos circulares não são admissíveis. Porventura a melhor forma de os evitar é compreender a sequência pela qual a matéria é dada nas aulas.

Cada aluno é aconselhado a autoavaliar-se em cada uma das metas.

Os avisos de carácter geral poderão ser acedidos através da barra superior, na secção de avisos e fórum, sendo que a mesma permite também aceder a uma zona de fórum.


Código de conduta, em especial do aluno empenhado em obter aprovação nesta unidade curricular

  • encontrar-se junto à sala de aula à hora de início da mesma;
  • uma vez dentro da sala de aula, permanecer nesta até ao fim;
  • durante a aula os telemóveis devem permanecer desligados;
  • não trazer para a aula materiais, como jornais, que nada tenham a ver com a mesma;
  • trazer sempre para a aula os apontamentos que anteriormente tirou sobre a matéria, e em especial a que estiver a ser trabalhada na aula em causa;
  • no decurso da aula não realizar atividades que não digam respeito à aula em curso (como sejam estudar matéria da disciplina que não venha a propósito ou estudar matérias de outras disciplinas);
  • participar ativamente nas atividades propostas pelo professor;
  • no caso de realização em grupo de trabalhos relativos a esta disciplina, e uma vez percebido o que se pretende, cada aluno deve, em primeiro lugar, trabalhar individualmente nos problemas/exercícios propostos e, em segundo lugar, discuti-los com os colegas de grupo; só depois deve questionar o professor;
  • realizar atempadamente os trabalhos extra-aula que sejam requeridos pelo professor, desde que enquadrados dentro da carga horária de estudo global que os ECTS desta disciplina implicam;

Limitação de responsabilidade

Não é garantido o funcionamento deste sítio em permanência, de modo que é da responsabilidade de cada interessado, nos conteúdos a serem aqui disponibilizados, fazer as impressões que achar necessárias, ou proceder a outro meio de salvaguarda de dados, caso queira ter a certeza de ter esses dados à sua disposição em situações críticas como a da preparação para testes ou exames.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 License